terça-feira, 7 de setembro de 2010

O grito da LIBERDADE

07 de Setembro é um dos meus feriados favoritos! Tanto que até merece meu primeiro post pessoal aqui no Blog.
Dentre os motivos que faz esta data ser inesquecível, cito o fato de ser o primeiro feriado pós inverno. Tudo bem que o calendário oficial das estações ainda apontar para a época mais fria do ano, o clima já começa a esquentar no início de setembro, apesar de algumas vezes (como este ano) a chuva e o frio teimarem a aparecer justo na data (tsc), as pessoas, como bom moradores de um país tropical que são, estão empolgadas com o verão que já se aproxima e correm para a praia (piscina,riacho,lagoa ou represa) celebrar o 'tempo perdido' dos meses anteriores e festejar chamando o verão.

É claro que tem também a importância histórica, que quase sempre é ignorada em praticamente todos os feriados históricos brasileiros, mas para ela eu dedico minhas horas de estudos e reflexão sobre sua relevância.
O que predomina MESMO em minha escolha por esse feriado como a minha data favorita do ano, depois do Ano Novo e meu próprio aniversário, está no fato que eu me sinto mais do que livre nele. Não me lembro um ano sequer de minha história mais recente em que não tenha tido vontade e efetivamente gritado o Grito da Independência!

Por natureza, costume dizer que sou um espírito livre. Amarras, prisões, pré conceitos, ignorância, autoritarismo e coleiras sociais são coisas que realmente me incomodam e me obrigam a fugir para o caminho inverso de onde elas se encontram.
É exatamente por isso que aproveito o 07 de Setembro para espantar todos os males que me aprisionam, sentindo me livre para aproveitar o melhor lado da vida.

E o que pode ser mais libertador do que cantar para espantar tudo isso? Somente cantar, no dia da independência, músicas que, de alguma forma, tocam, cantam ou representam um sopro de liberdade.

Aqui vai uma seleção com minhas músicas libertadoras. Espero que gostem e indiquem as que os fazem gritar: "Sou Livre!"


Para começar, vamos para os anos 80 e a história da filha de uma pai surfista e uma mãe que fazia mapa astral legal, que jamais permitiu que conceitos, amores e caretices se tornassem amarras, nem que isso trouxesse relativo sofrimento.

#5 Eu sou free
Sempre Livre


Só estudei em escola experimental
Meu pai era surfista profissional
Minha mãe fazia mapa astral legal
Minha mãe fazia mapa astral...

Passei a infância em Cochabamba
Transando Muamba
Driblando a alfândega
Não sou do tipo que faz comício
Tenho horror a compromisso...

Você pode fazer
O que quiser comigo
Eu não ligo!
Você pode fazer
O que quiser comigo
Eu não ligo!...

Eu Sou Free (Eu sou Free!)
Sempre Free (Sempre Free!)
Sou Free Demais
Eu Sou Free (Free!)
Sempre Free (Sempre Free!)
Sou Free Demais...

Mas você não tem muita chance
Não me venha com romance
Porque eu sou free
Free Lance!
Ah! Ah! Ah! Ah!
Free Lance!
Ah! Ah! Ah! Ah!...

Só estudei em escola experimental
Meu pai era surfista profissional
Minha mãe fazia mapa astral legal
Minha mãe fazia mapa astral...

Passei a infância em Cochabamba
Transando Muamba
Driblando a alfândega
Não sou do tipo que faz comício
Tenho horror a compromisso...

Você pode fazer
O que quiser comigo
Eu não ligo!
Você pode fazer
O que quiser comigo
Eu não ligo!...

Eu Sou Free (Eu sou Free!)
Sempre Free (Sempre Free!)
Sou Free Demais
Eu Sou Free (Free!)
Sempre Free (Sempre Free!)
Sou Free Demais...

Mas você não tem muita chance
Não me venha com romance
Porque eu sou free
Free Lance!
Ah! Ah! Ah! Ah!
Free Lance!
Ah! Ah! Ah! Ah!...

Free!
Sempre Free
Eu Sou Free Demais!...(2x)

Free! (Free)
Sempre Free
(Sempre Free!)
Sou Free Demais!...(2x)

Free!
Sempre Free
Eu Sou Free Demais!...(2x)


Direto da vóz do Rei, uma letra que não engole absurdo controle que o Estado, a Sociedade e os Conceitos tentam impor em nossas vidas.

#4 Ilegal, Imoral ou Engorda
Roberto Carlos

Vivo condenado a fazer o que não quero
Então bem comportado às vezes eu me desespero
Se faço alguma coisa sempre alguém vem me dizer
Que isso ou aquilo não se deve fazer

Restam meus botões...
Já não sei mais o que é certo
E como vou saber
O que eu devo fazer
Que culpa tenho eu
Me diga amigo meu
Será que tudo o que eu gosto
É ilegal, é imoral ou engorda

Há muito me perdi entre mil filosofias
Virei homem calado e até desconfiado
Procuro andar direito e ter os pés no chão
Mas certas coisas sempre me chamam atenção

Cá com meus botões...
Bolas eu não sou de ferro
Paro pra pensar
Mas não posso mudar
Que culpa tenho eu
Me diga amigo meu
Será que tudo que eu gosto
É ilegal, é imoral ou engorda

Se eu conheço alguém num encontro casual
E tudo anda bem, num bate papo informal
Uma noite quente sugere desfrutar
Do meu terraço, a vista de frente pro mar
Mas a noite é uma criança
Delícias no café da manhã

Então o que fazer
Já não quero mais saber
Se como alguma coisa
Que não devo comer
Se tudo que eu gosto
É ilegal, é imoral ou engorda
Se tudo que eu gosto
É ilegal, é imoral ou engorda
Será que tudo que eu gosto
É ilegal, é imoral ou engorda


Avançando alguns anos, convoco o grupo de música eletrônica brasileiro House Buolevard e seu som dançante, com letra em inglês, que já me ganha pelo título: Set Me Free (Liberte-me, em uma tradução livre)

#3 Set Me Free
House Buolevard


I was thinking of you
And the things you do
Time after time
You made me blue
Crying for help
But now we're through

I was lost and despair
But now I knew
Memories remain
For you too
Searching for light
Everywhere I turn

Come on somebody come on
Rescue me
Come on somebody come on
Set me free
Come on somebody come on
Rescue me
Come on somebody come on

Set me free
Set me free
Set me free
Set me free
Set me free

I was thinking of you
And the things you do
Time after time
You made me blue
Crying for help
But now we're through

I was lost and despair
But now I knew
Memories remain
For you too
Searching for light
Everywhere I turn

Come on somebody come on
Rescue me
Come on somebody come on
Set me free
Come on somebody come on
Rescue me
Come on somebody come on

Set me free
Set me free
Set me free
Set me free
Set me free

Set me free



Se tem uma pessoa que sabia o que era viver de forma livre e levava ao extremo este conceito, era o cantor, escritor e compositor Raul Seixas, que não poderia faltar, acompanhado de sua sociedade alternativa, nesta lista.

#2 Sociedade Alternativa
Raul Seixas/Paulo Coelho



Viva! Viva!

Viva A Sociedade Alternativa
(Viva! Viva!)
Viva! Viva!
Viva A Sociedade Alternativa
(Viva O Novo Eon!)
Viva! Viva!
Viva A Sociedade Alternativa
(Viva! Viva! Viva!)
Viva! Viva!
Viva A Sociedade Alternativa...

Se eu quero e você quer
Tomar banho de chapéu
Ou esperar Papai Noel
Ou discutir Carlos Gardel
Então vá!
Faz o que tu queres
Pois é tudo
Da Lei! Da Lei!
Viva! Viva!
Viva A Sociedade Alternativa...

"-Faz o que tu queres
Há de ser tudo da Lei"
Viva! Viva!
Viva A Sociedade Alternativa
"-Todo homem, toda mulher
É uma estrêla"
Viva! Viva!
Viva A Sociedade Alternativa
(Viva! Viva!)
Viva! Viva!
Viva A Sociedade Alternativa
Han!...

Mas se eu quero e você quer
Tomar banho de chapéu
Ou discutir Carlos Gardel
Ou esperar Papai Noel
Então vá!
Faz o que tu queres
Pois é tudo
Da Lei! Da Lei!
Viva! Viva!
Viva A Sociedade Alternativa
Viva! Viva!
Viva A Sociedade Alternativa...

"-O número 666
Chama-se Aleister Crowley"
Viva! Viva!
Viva! A Sociedade Alternativa
"-Faz o que tu queres
Há de ser tudo da lei"
Viva! Viva!
Viva! A Sociedade Alternativa
"-A Lei de Thelema"
Viva! Viva!
Viva A Sociedade Alternativa
"-A Lei do forte
Essa é a nossa lei
E a alegria do mundo"
Viva! Viva!
Viva A Sociedade Alternativa
(Viva! Viva! Viva!)...


Poucas coisas podem prender mais o homem do que as máscaras que colocamos para esconder nossa verdadeira face. Esta é uma prisão cruel, muito bem criticada pela minha baiana roqueira favorita.

#1 Máscara
Pitty


Diga, quem você é me diga
Me fale sobre a sua estrada
Me conte sobre a sua vida

Tira, a máscara que cobre o seu rosto
Se mostre e eu descubro se eu gosto
Do seu verdadeiro, jeito de ser (2x)

Ninguém merece ser só mais um bonitinho
Nem transparecer, consciente, inconsequente
Sem se preocupar em ser adulto ou criança
O importante é ser você (2x)

Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro
Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja...

O meu cabelo não é igual
A sua roupa não é igual
Ao meu tamanho, não é igual
Ao seu caráter, não é igual
Não é igual, não é igual, não é igual

I had enough of it (Eu tive o suficiente)
But I don't care (Mas eu não ligo)
I had enough of it (Eu tive o suficiente)
But I don't care (Mas eu não ligo)

Diga quem você é, me diga
Me fale sobre a sua estrada
Me conte sobre a sua vida
E o importante é ser você

Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro
Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro
Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro
Mesmo que seja estranho, seja você



E você, que música o faz sentir livre?

8 comentários:

Candy love... disse...

Eu adorei o post, apesar de não curtir o feriado. Adoro a primeira musica e gosto bastante de algumas outras também..

Parabens!

Tá muito legal o blog!


passa o meu depois!

Jonathan disse...

Liberdade, melhor coisa que existe e a melhor forma de amar é o amor livre! Liberdade trás aquela sensação de Divino HAHA Verão chegando, inverno passou, calor começa a chegar, mas se for o calor que fez esse ano aqui no rio, não quero, até porque gosto muito de frio. Calor no Rio esse ano foi de 50 - 52 graus e isso pelo visto irá piorar, enfim. Boa sorte no blog!

Meu blo ghttp://librianodoamor.blogspot.com/

Claudia Halley disse...

Adorei o post!

Wellington disse...

Adorei sua postagem! Acompanhei todo conteúdo inclusive as músicas! =) A liberdade que tive hoje, ontém e fim de semana foi de ter um tempo para planejar meu futuro, quais são meus planos para os próximos anos! E foi muito bom! =)

Adorei sua postagem e analizei o plano de fundo também! =D É bonito!

Grande abraço e feliz 7 de setembro para você! =)

Abraços

http://neowellblog.wordpress.com

Marilucia disse...

Assim como vc adoro muito esta data e concordo que hoje começa o verão (nao oficial), mas o calor já estar aí, nos fazendo desejar praia, cerveja, sorvete humm que delicia.

Parabéns pelo post

Abraços

Guilherme Lombardi disse...

Vendo essa letra da Pitty de máscara e o que ela canta hoje, vejo o quanto ela de caiu!

Gislene Freitas disse...

INDEPENDÊNCIAAAAAA!
é meu grito tbm e como vc sabe, não me identifico só com o tema, mas tbm com todo o contexto q vc abordou esse tema.

tá mto bom o post, vc é dmaisssss meu querido! :P

#orgulho #amo

Jenniffer Moura disse...

Gostei do post, achei máximo postar letras, adoro!

Jenniffer

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...